sexta-feira, 15 de agosto de 2014

Imprensa internacional repercute morte de Eduardo Campos

Fonte: http://www.correiodoestado.com.br/politica/imprensa-internacional-repercute-morte-de-eduardo-campos/224775/
Veículos internacionais de imprensa repercutem nesta quarta-feira (13) a morte do ex-governador de Pernambuco e candidato à Presidência da República pelo PSB, Eduardo Campos, após o jato em que estava cair em cima de uma casa em Santos, no litoral de São Paulo. 
"The Telegraph"
O site do jornal britânico "The Telegraph" noticiou a morte de Eduardo Campos. A publicação relatou como foi o acidente, com base nas reportagens da imprensa local, e falou sobre o desempenho de Campos em sua candidatura à presidência.
A reportagem também inclui um pronunciamento da Força Aérea Brasileira, confirmando o acidente nesta quarta-feira, perto das 10h, com a aeronave Cessna 560XL, prefix PR-AFA, na cidade de Santos. A reportagem está destacada na capa da subeditoria de "Notícias de Mundo" do portal.  
"BBC"
O site da agência BBC também publicou uma reportagem com foto sobre a morte do candidato Eduardo Campos. As informações foram passadas por Rodrigo Rollemberg, membro do PSB. A agência AFP também foi citada. 
"Bloomberg"
O site da agência de notícias Bloomberg noticiou a morte de Eduardo Campos, com base em informações da Globo News e do jornal "Folha de S.Paulo".
Há um breve histórico sobre a vida política de Campos, bem como seu desempenho na campanha à Presidência da República até então.
A reportagem está destacada no topo da capa do portal. 
"New York Times"
O jornal americano "New York Times" noticiou a morte de Eduardo Campos utilizando um texto da agência Reuters. A publicação diz que a presidente Dilma Rousseff cancelou todos os compromissos de sua campanha à reeleição após a morte de Eduardo Campos.
O "New York Times" afirma que o jato do ex-governador sofreu o acidente diante do mau tempo no litoral de São Paulo. 
"Business Insider"
O site de notícias americano "Businesse Insider", citando a agência Reuters, publicou uma reportagem sobre a morte do ex-governador e afirma que a mulher e o filho dele estavam a bordo - o que foi desmentido mais tarde pela imprensa local.
"Corriere Della Sera"
O jornal italiano "Corriere Della Sera" destacou em seu site a notícia da morte do candidato Eduardo Campos. O texto observa que o candidato tinha 9% das intenções de votos para as eleições presidenciais e que a candidata à vice-presidência Marina Silva não estava no voo. 
Postar um comentário