quinta-feira, 1 de janeiro de 2015

Camilo pede apoio da Assembleia no discurso de posse do Governo do CE

01/01/2015 11h16 - Atualizado em 01/01/2015 15h48

'Preciso e sobretudo valorizo o trabalho de parlamentares', disse Camilo.
À Tarde, Camilo Santana viajam a Brasília para posse de Dilma Rousseff.

André Teixeira e Gioras XerezDo G1 CE
O governador eleito do Ceará, Camilo Santana (PT), chegou à Assembleia Legislativa do Ceará às 10h30 (horário de Brasília). (Foto: G1)

Camilo Santana (PT) foi empossado governador do Ceará às 11h03 (horário de Brasília) desta quinta-feira, 1º de janeiro, na Assembleia Legislativa do Ceará, em sessão presidida pelo deputado Zezinho Albuquerque (PROS).
“Venho para assumir uma grande responsabilidade e despedir do Parlamento. Aqui defendi ideais que tenho desde o início da vida pública. Começo a maior responsabilidade da vida, que é de governar o Ceará”, afirmou, no primeiro discurso como governador do Ceará.Camilo sucede o ex-governador Cid Gomes(Foto: Gioras Xerez/G1)O governador anunciou na segunda-feira (29) os secretários que vão compor o seu governo, que também devem estar presentes na cerimônia. Na lista estão nomes indicados por Cid Gomes e aliados derrotadas na campanha eleitoral de 2014. A Secretaria da Segurança, área que Camilo Santana considera uma das mais importantes, terá como titular o Delci Teixeira. Veja o nome de todos os secretários nomeados.
Camilo Santana tem 46 anos, é casado e pai de dois filhos. Nascido no Crato, é engenheiro agrônomo, professor e mestre em Desenvolvimento e Meio Ambiente pela Universidade Federal do Ceará (UFC). Servidor público federal concursado, ocupou a superintendência adjunta do Ibama no Ceará em 2003 e 2004.
“Nesses quatro anos, sei que não poderei governar sozinho. Preciso e sobretudo valorizo o trabalho de parlamentares que chegaram aqui pela vontade do povo cearense. Conto com vocês”, completou, agradecendo aos deputados estaduais eleitos.
Governador eleito também destacou as suas prioridades. “Meu principal objetivo é diminuir os índices de violência que tanto atormenta o povo cearense. Vou combater com muita responsabilidade a criminalidade e evitar que os mais jovens sejam seduzidos pelo crime. Vamos trabalhar nos locais mais vulneráveis. Outro objetivo é a saúde. Vamos construir mais dois hospitais do interior e ampliar o número de Upas e Policlínicas em todo o estado. Vou garantir a segurança hídrica. A seca nos atinge há três anos e vou trabalhar juntamente com meu secretariado para que nenhum cearense deixe de ter água para seu consumo”.
No Palácio da Abolição, sede do Governo do Estado do Ceará, onde houve a transmissão de cargo, Cid Gomes fez discurso de agradecimento, fez um balanço dos seus oito anos de governo e destacou avanços. “Nesse período, mantivemos o PIB do Ceará crescendo a uma média maior do que a brasileira e apresentamos uma das maiores reduções da taxa de desigualdade”, disse. "Seu legado me motiva a trabalhar ainda mais para trabalhar para o Ceará seguir avançando", declarou o sucessor Camilo Santana.
Após a transferência de cargo, Camilo se emocionou e chorou ao lembrar a família. "É no seio familiar que encontramos as respostas para as dúvidas mais difíceis. A partir deste momento tratarei os cearenses como minha família, serão todos pais, filhos e filhas. Quero ouvir os seus conselhos e retribuir com todo amor. Quero dialogar com trabalhadores e trabalhadoras", afirmou.
Camilo Santana acrescentou que em todas as repartições do Governo do Estado não haverá sua foto oficial, imagem comum fixo na parede, quando um político assume o governo. Camilo Santana afirmou que em todas as salas colocará imagens do povo cearense. Povo, segundo ele, que deve inspirar a nova equipe do governador eleito.
"Não haverá minha foto oficial nas salas do governo. Não mandarei colocar. Ao invés disso vou pedir para pôr fotos e imagens do povo cearense. Esses sim merecem ser a inspiração para toda a minha equipe. Quero que meu secretariado trabalhe para o povo e não para mim", disse Camilo Santana. Ao final, Camilo Santana deu posse aos 26 secretários nomeados.
A cerimônia começou com uma hora de atraso. À tarde, Camilo Santana deve viajar a Brasília, com Cid Gomes, onde assiste à cerimônia de posse da presidente reeleita Dilma Rousseff (PT).
Secretários
Biografia
No primeiro governo de Cid Gomes, entre 2007 e 2010, foi secretário do Desenvolvimento Agrário do Estado. Em 2010, foi o deputado estadual mais votado do Ceará, eleito com mais de 131 mil votos. No segundo governo de Cid Gomes, Camilo assumiu a secretaria das Cidades.
Postar um comentário