terça-feira, 1 de novembro de 2011

Alguma Poesia...1930, Drummond.

Quando nasci, um anjo torto
desses que vivem na sombra
disse : Vai,Carlos, ser  gauche na vida.
E nunca mais Carlos Drummond de Andrade deixou de GAUCHE na vida..

Se ele tivessse nascido no Ceará ou em Sobral seria uma desrima
e não uma solução...mas Itabira do Mato Dentro teria perdido a celebridade,segundo o poeta Alaércio Flor
Esta postagem é em homenagem ao poeta LYMA NETTO que tem em Drummond sua fonte de inspiração em fazer poesias,do blogger LYMA NETTO.
Postar um comentário