segunda-feira, 26 de setembro de 2011

Dois documentos supersecretos e 69 mil outros secretos

O Brasil é o único país do mundo em que documentos secretos ficam para eternidade,mas isso poderá acabar se o Congresso Nacional aprovar a lei que põe limite máximo de 50 anos, sem renovação.Apenas dois ex-presidentes são contraŕios a aprovação que limita o tempo e abre os documentos para a sociedade republicana que é o Brasil, os senadores Fernando Collor e José Sarney cujas opiniões pessoais não revelaram  porque tanto segredo de Estado.Há apenas dois papéis super secretos e 69 mil outros tido como secretos.Mas segundo o poeta e sociólogo Alaércio Flor,não há nada oculto que um dia não seja revelado.
Postar um comentário