domingo, 28 de julho de 2013

Esta árvore não existe mais...Foi podada até a Morte, por Dom Flori Spectrum



Aqui jaz apenas uma imagem de uma árvore podada...
Por bons vizinhos de um poeta paupérrimo que assistiu e viu
O sacrifício da árvore , que gemeu em silencio o corte
Que à principio era apenas uma simples poda ...mortal

Aqui está a prova da árvore que era bem frondosa
E acolhia todos os pardalzinhos ao fim da tarde
Anunciando o final festivo de mais um dia verde
Mas a malícia dos vizinhos,uns bons velhinhos

Com algum sentimento antinatureza se arvoraram
No direito de cortar todas as galhas incômodas
Que fazia uma folhagem na sua calçada limpa

E sem temer a Natureza da vida mais oxigenada
Mandaram cortar até o tronco a pobrezinha inocente
E eu sequer reclamei,afinal, era uma morte verdejante.....Aos vizinhos que maldosamente,na rua Rio Grande do Sul, no bairro Demócrito Rocha, Seu Edmilson e sua esposa mandaram cortar minha árvore,sito a Rua Rio Grande do Sul, no bairro Demócrito Rocha, 1747,Fortaleza Ceará,como protesto plantei outra por dentro do muro alto...E a esposa do idoso ainda disse-me afrontosamente que ficou muito bom o corte feito...Dom Flori Spectrum pediu-me permissão para fazer este poema protesto que corre o mundo graças a internet.Eis o protesto poeético.Que Deus se apiade de vizinhos tão antiecológicos.
Postar um comentário