domingo, 28 de julho de 2013

Elba Ramalho e Cássia Kiss, duas mulheres que realizaram abortos provocados, participaram da vinda do PAPA FRANCISCO.

A cantora Elba Ramalho, e a atriz global Cássia Kiss ,duas mulheres que já em anos passados realizaram abortos provocados, interpretaram Veronica e Madalena, duas seguidoras de Jesus Cristo numa atitude clara que se arrependeram dos crimes que cometeram contra a vida ao realizarem a interrupção voluntária das indesejadas  gravidezes,fato público e do conhecimento da mídia que a Assessoria do Papa Francisco deve ter tomado ciência,ambas participaram de um momento na Jornada Mundial da Juventude.Tanto Elba Ramalho como Cássia Kiss,certamentes, tiveram arrependimentos tardios e foram perdoados das mortes inocentes que causaram em seus ventres não deixando nascer,quem não teve direito de vir ao mundo e tal assunto já foi capa da revista VEJA onde a chamada é EU FIZ ABORTO.Falta pagar à justiça humana os crimes cometidos contra a vida.A Igreja Católica Apóstolica Romana não aprova o o aborto provocado como é contra as novas famílias de homoafetivas entre pessoas do mesmo sexo.
Postar um comentário