sexta-feira, 28 de junho de 2013

Imortal da Academia Brasileira de letras, o sociólogo Fernando Henrique Cardoso....

"Mais inteligente que vaidoso,(sic)"assim se define o escritor e imortal mais recente da ABL, sociólogo Fernando Henrique Cardoso ao qual felicitamos pela expressiva votação para a Casa Machado de Assis, que era bem mais sociólogo que FHC na sua obra completa,além de escrever melhor que Fernando Henrique Cardoso, que ali chega aos 82 anos com publicação de 23 livros  publicados ou em parceria,e mais de 100 artigos publicados aqui e alhures. Duas vezes Presidente do Brasil, e ex-Ministro da fazenda e das Relações Exteriores ,o Dr.Fernando Henrique Cardoso obteve dos 39 votos, 34 votos válidos e 1 abstenção. São 40 imortais, e não se definiu a data em que envergará o fardaõ da ABL,onde até o ditador Getúlio Vargas chegou também membro da   Academia Brasileira de Letras. Um dos livros que FHC escreveu que todo político deveria ler é  A ARTE DA POLÌTICA ,A HISTÓRIA QUE VIVI,pela Civilização Brasileira em 206.Um livro mais de política do que literário e digno da sua infinita vaidade e da sua inteligência por que afinal antes dos 50 anos conseguiu se aposentar,e somente octogenário obteve uma vaga quase por unanimidade na egrégia Academia Brasileira de Letras.Logo na introdução faz um leve plágio à Machado de Assis onde diz;" Hesitei....pag.11 (sic)"Isso deve ter sido tirado do livro MEMÓRIAS POSTUMAS DE BRAS CUBAS, um plagio que não lhe furta o brilho e a vaidade.
Postar um comentário