sábado, 3 de dezembro de 2011

Insatisfeitos com o reajuste suposto de 15 por cento professores articulam nova greve

Os professores do Estado do Ceará da Capital insatisfeitos com o suposto reajustes de quinze por cento aprovado em caráter de urgencia pela base aliada já articula nova greve geral da categoria para os proximos dias, a começar em janeiro de 2012.O governo dividiu o reajuste em duas parcelas de sete e meio por cento para agora e outra para janeiro,alegando que estaria dando o maior reajuste aos mestres o que é ,na verdade,uma grande MENTIRA.
Postar um comentário