terça-feira, 30 de dezembro de 2008

Mulheres que abortaram e estão livres da lei...

Durante minha pesquisa sobre abortamento para redigir uma monografia,parti das informações de duas mulheres que realizaram abortos e admitiram que não sentiam remorsos pelo fato de terem interrompido a gravidez.Uma é casada ,e se, chama Maria Elzaneide do Monte Nobre,formada em Pedagogia,mãe de uma filha...Outra,Sidevalda Gomes Cajazeiras,formada em Educação Especial,mãe solteira de duas filhas...Ambas fizeram abortos e não sofreram a menor penalidade da lei brasileira que criminaliza o aborto,mas não tem como alcançar esta forma de atentado contra a vida humana....Elza fez um aborto com ajuda de um irmão e Sidevalda não revelou o método usado,mas admitiu ter feito pelo menos em si três abortamentos....Não devem ser censuradas,mas compreendidas que foram a sociedade e os valores que compeliram estas mulheres a abortarem como se estivessem cometendo um crime....
Postar um comentário