quarta-feira, 12 de fevereiro de 2014

Preso o principal suspeito de acender o rojão que matou o cinegrafista Santiago pela Polícia da Bahia.

Caio  Silva de  Sousa ,jovem manifestante de 23   anos,principal suspeito de acender  o rojão que matou o  cinegrafista Santiago , em negociação entre advogado e polícia já se encontra preso. Ele afirmou à mãe que foi um acidente ter acendido o rojão que tirou a vida de um trabalhador dos meios de comunicação social ,durante uma manifestação contra o aumento de passagens de ônibus. Caio recebeu ordem de prisão na madrugada de domingo para segundo, em uma pousada no Estado da Bahia. Estava a fugir para o Ceará,casa de um de seus avós.Parabéns ao trabalho intenso da Polícia e das Redes Sociais como a grande mídia que exaustivamente cobrou das autoridades uma ação pronta e imediata de tirar de circulação da sociedade quem vai aos atos de protestos pondo em risco mortal vidas alheias.
Postar um comentário