segunda-feira, 18 de março de 2013

Papa Francisco usará anel de pescador de prata


fonte site: http://veja.abril.com.br/noticia/internacional/francisco-escolhe-lema-e-a-cor-do-anel-de-pescador

O pontífice também recebeu o relatório sobre os desmandos no Vaticano

O anel que o papa Francisco passará a usar a partir desta terça-feira será de prata dourada. Segundo o porta-voz do Vaticano, padre Federico Lombardi, o novo pontífice não quis um anel de ouro. O símbolo do papado será entregue a Francisco pelo cardeal decano Angelo Sodano, durante a missa inaugural do pontificado, na manhã desta terça. O anel representa São Pedro com as chavez do reino de Deus e vem com o nome do pontífice gravado em latim. O modelo em prata já foi proposto a um de seus antecessores, Paulo VI (1973-1978). 
Junto com o anel, o papa receberá o pálio, um manto feito de lã que o servo dos servos de Deus leva sobre os ombros representando as ovelhas desgarradas que são carregadas para as águas da vida. A estola mede 2,6 metros de comprimento.
A missa de entronização coincide com a festa de São José. Antes do início da cerimônia, marcada para as 9h30 locais (5h30 de Brasília), o papa deverá percorrer a Praça de São Pedro e ruas anexas durante 30 minutos para saudar os fiéis. 
Também foi divulgado nesta segunda-feira o brasão escolhido pelo pontífice, que trará como lema “O olhou com misericórdia e o elegeu", em referência a uma passagem do Evangelho em que Cristo escolhe um pecador para segui-lo. "O papa está dando uma indicação clara de seu foco na misericórdia", disse o padre Lombardi. O desenho do escudo é muito parecido com o que era utilizado por Jorge Mario Bergoglio durante o arcebispado, com o emblema da Companhia de Jesus sobre um sol.
Missa inaugural – Delegações oficiais de 130 países são esperadas para a missa desta terça. Entre os chefes de Estado, estarão a presidente brasileira Dilma Rousseff, a chanceler alemã Angela Merkel, o vice-presidente americano Joe Biden e a presidente argentina Cristina Kirchner, que teve um encontro com o papa na manhã desta segunda.
Vatileaks – O papa Francisco já tem à disposição o relatório sobre os desmandos no Vaticano, feito a pedido de Bento XVI depois do escândalo do vazamento de documentos secretos que ficou conhecido como Vatileaks. O documento de 300 páginas elaborado por três cardeais da confiança do antecessor de Francisco aponta que altos integrantes da Cúria eram chantageados por homossexuais beneficiados com dinheiro da Igreja. Também conclui que transações ilícitas e atípicas ocorreram no Banco do Vaticano.
O porta-voz do Vaticano disse que não sabe se o pontífice já leu o relatório, porque teve a agenda cheia desde o início de seu pontificado. Mesmo com a insistência dos cardeais em ter acesso às informações do relatório, tema que foi discutido durante as reuniões preparatórias para o conclave que elegeu Francisco, o papa emérito decidiu entregá-lo apenas ao sucessor. No próximo sábado, os dois devem se encontrar pela primeira vez após a escolha de Bergoglio como papa. O documento deverá ser tema da conversa. 
(Com agências EFE e AFP)
Papa Francisco celebra seu primeiro angelus dominical na Praça São Pedro, no Vaticano
Papa Francisco celebra seu primeiro angelus dominical na Praça São Pedro, no Vaticano - Tony Gentile/Reuters
Postar um comentário